Destemida e com tornozeleira, Sara Winter volta a “provocar” Moraes

Mesmo monitorada por uma tornozeleira eletrônica, a ativista Sara Winter, fez questão de demonstrar que está muito bem.

Neste domingo (28) ela anunciou o seu noivado.

“Depois da tormenta, vem a paz. Hoje fui oficialmente pedida em casamento e claro, ao homem da minha vida, disse SIM.
Tentaram me destruir, mas construíram uma pessoa 10 vezes mais forte.
Enquanto uns babam de ódio, eu transbordo de amor.
O casamento fica pro próximo fim de semana”, escreveu em suas redes sociais.

Na foto, uma evidente provocação ao seu algoz, o ministro Alexandre de Moraes.

Uma pequena pilha de livros sustenta um dos lados do sofá. Dois livros são identificáveis com facilidade. Trata-se do livro "Direito Constitucional" (2002), escrito pelo ministro.

O que se vê é que a ação de Moraes deu projeção a Sara, que certamente será candidata no próximo pleito.

Com um mandato, essa moça será ‘insuportável’.

Fonte: UOL

da Redação

Comentários