assinante_desktop_cabecalho

Prefeito de Santos trata melhor criminosos e crackeiros do que cidadãos que pagam o salário dele

Ler na área do assinante

Entendo a preocupação da Prefeitura de Santos com a proliferação do coronavírus, mas colocar as viaturas da Guarda Municipal com sirenes ligadas todos os dias às 10h da manhã para expulsar pessoas da praia é uma das coisas mais ridículas e cretinas da história da cidade.

Qual é o sentido de tirar pessoas de um local aberto e ventilado, onde podem manter distância e a possibilidade de contaminação é irrisória?

Aliás, dessa grana toda que estão gastando com estudos, tem algum sobre contaminação nas nossas praias e mares? Há alguma base científica nessas decisões?

Qual é o sentido criar esse clima de regime de exceção, enxotando idosos, mães e crianças como se fossem animais?

Detalhe: isso é só na orla da praia. Ou a prefeitura também faz isso para fechar baile funk, pontos tráfico de drogas, cracolândias ou qualquer evento de rua na periferia?

Hoje foram mais de 30 minutos de sirenes ligadas, sem parar, gerando poluição sonora e perturbação não só a quem estava na praia, mas de todos que moram na orla.

Até criminosos, crackeiros e moradores de rua são tratados com mais consideração e respeito.

Vamos nos lembrar disso na eleição, não só do candidato prefeito (contra o qual não tenho nada pessoal), mas também dos vereadores que estão calados porque concordam ou porque não querem que seus cabos eleitorais percam os cargos na prefeitura.

Foto de Herbert Passos Neto

Herbert Passos Neto

Opinião Política.

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar

Notícias relacionadas