STJ concede prisão domiciliar a Queiroz

Nesta quinta-feira, dia 9, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, decidiu colocar Fabrício Queiroz em prisão domiciliar.

Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas”.

No habeas corpus, a defesa solicitou a conversão da prisão preventiva em domiciliar e mencionou o estado de saúde de Queiroz - que está com câncer - e o contexto de pandemia de coronavírus.

Além de Queiroz, sua esposa Márcia Aguiar, que está foragida, também foi beneficiada com a prisão domiciliar.

da Redação

Comentários