assinante_desktop_cabecalho

Joice Hasselmann em queda livre e a Lei da Censura

Ler na área do assinante

A Deputada Federal Joice Halsselmann “caiu no rank das influenciadoras digitais do Congresso Federal”, informou o grupo que cuida da FSB Influência Congresso, depois de ocupar lugares de destaques e por vezes ocupar a primeira posição.

Agora em uma lista de 20 pessoas, Joice Halsselmann deixou de ocupar o 9º lugar para não aparecer mais na lista. Queda em uma semana.

São chamados de caçadores de Pokémon as pessoas que se preocupam em estar mais nas mídias e com a imagem do que com o próprio mandato.

A Deputada Ex-apoiadora de Bolsonaro, Ex-líder do Governo no Congresso Nacional, Ex-destaque como Influenciadora Digital está colecionando diversos cargos de “EX”.

Depois de uma enorme votação como Deputada no Estado de São Paulo com o grito de “Bolsonaro Presidente 2018”, Joice está amargando a rejeição de muitos de seus eleitores por suas atitudes nada condizentes com suas promessas de campanha.

Agora, Joice desagrada mais ainda, não só seus eleitores, mas grande parte daqueles que utilizam as redes sociais para opinar e até mesmo denunciar políticos. A deputada "trabalha” para passar leis que buscam caçar a liberdade de expressão nas redes sociais.

Vale lembrar que a Deputada Joice Hasselmann está sendo vista nas redes sociais como alguém que propagou “Fake News, criou CPFs falsos e Robôs de Disparo Digitais” para atacar seus opositores. Nada provado, sendo assim, todos são inocentes até que se prove o contrário. O que está nas mídias sociais são áudios atribuídos à Deputada e declarações contundentes de ex-funcionários.

Mas ela não está só nessa vontade de calar quem fala ou cobra por meio das redes sociais. Junto a ela, outros deputados já articulam na Câmara Federal para votarem a PL 2630/20 conhecida também como “Lei da Mordaça”. Uma das mudanças que querem fazer valer no texto é a exigência da identificação nas redes sociais para responsabilização dos atos dos donos dos perfis.

Para isso, procuram apoio nas lideranças no Senado para derrubar o veto já anunciado pelo Presidente Bolsonaro, caso a PL venha a ser aprovada na Câmara Federal.

Os parlamentares não querem estar sendo cobrados e questionados em mídias sociais por pessoas que são contra os seus trabalhos.

Essas atitudes de serem contra as pessoas terem opiniões sobre detentores de imagens públicas está "afetando" todos os poderes. As pessoas tomaram mais consciência política e estão cobrando seus direitos e isso vem assustando nossos Políticos e certa ala jurídica. Sendo que a ala jurídica não conta com votos para se perpetuarem no poder, e sim com mandos ou desmandos.

Apesar da Deputada Joice está tendo uma força muito grande de muitos na casa que pensam igual à ela, conceituando cobranças de eleitores como Fake News, existem deputados e juristas que se mostram preocupados com a possível aprovação da mordaça.

Ao que parece, Joice esqueceu completamente seu compromisso com aqueles que a elegeram. Ou seria, já no período que ocupava os primeiros lugares nos ranks de influenciadores digitais, uma propagadora de Fake News, prometendo o que hoje não cumpre?

A censura tem outro nome, e não é brasileiro.

Foto de Claiton Appel

Claiton Appel

Jornalista. Diretor da Ordem dos Jornalistas do Brasil.


assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar