Medo e incoerência: Lula não irá ao encontro de Conserino. ‘Coisas da elite’...

O ex-presidente Lula decidiu que não vai prestar depoimento ao Ministério Público de São Paulo.


Ao contrário das pessoas comuns, Lula, hoje um homem da elite, tem esta prerrogativa.

Em contrapartida, a recusa em falar, que tem a salvaguarda de um habeas corpus para evitar a condução coercitiva, vai enfraquecendo ferozmente os seus argumentos e as suas ‘verdades’.

No caso do tríplex de Guarujá, quando o promotor Cássio Conserino declarou que já tinha elementos para oferecer denúncia contra o ex-presidente, este vociferou classificando como absurdo o representante do MP formar convicção antes de ouvi-lo.

Como grande parte das pessoas é totalmente leiga com relação as questões atinentes ao campo jurídico, para muitos a bravata cola.

Ora, denuncia não é sentença.

O fato do promotor dizer que já tem elementos suficientes para denunciar, não quer dizer que ele tenha formado convicção pela culpabilidade de quem quer seja.

Aliás, quem sentencia é o Juiz.

Mesmo assim, Conserino, diante das declarações de Lula, resolveu ouvi-lo.

Incoerente e sempre jogando para a plateia, Lula, que, vale repetir, criticou o promotor por não o ter ouvido, esperneia agora para não falar.

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

                                                     https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política