Em delação, ex-secretário do Rio entrega provas contra Witzel

Informações dão conta de que o ex-secretário de Saúde do Rio, Edmar Santos, teria fechado um acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Segundo a Revista Veja, o ex-secretário entregou um conjunto de provas materiais que revelariam em detalhes a participação do governador Wilson Witzel no esquema de corrupção na Saúde do estado em meio à pandemia de coronavírus.

Ainda de acordo com a revista, além de apresentar evidências concretas contra Witzel, o ex-secretário se compromete no acordo a devolver R$ 8,5 milhões à Justiça.

“Ele entrega o dinheiro e os culpados”, diz um investigador ouvido pela Veja.

O cerco está fechando… E a 'casa' de Witzel, caindo…

Fonte: Revista Veja

da Redação

Comentários