Deputado, neto de José Sarney, propõe intervenção militar no Maranhão

Adriano Sarney quer ver o estado ocupado por tropas militares com tanques de guerra e helicópteros

O deputado estadual Adriano Sarney (PV), neto do ex-presidente da República,José Sarney, e filho do deputado federal Zequinha Sarney,

pediu intervenção militar no Maranhão.

Exaltado, ele disse que o estado deveria ser ocupado por tropas militares com tanques de guerra e helicópteros: “Três mil, quatro mil, cinco mil homens na rua, 30 helicópteros do Exército, tanques de guerra. Pra ganharmos tempo é necessário uma intervenção militar a curto prazo no Maranhão”, disse o parlamentar em discurso da tribuna.

Nos bastidores da Assembleia Legislativa, o discurso de Adriano é visto como uma espécie de ato falho. Ele tentou fazer uma defesa da necessidade de aumento do efetivo de policiais, mas acabou pedindo intervenção militar no Estado em alusão ao golpe, apreciado pelo avô.

Esquece-se apenas o jovem parlamentar, de recordar que se o Maranhão vive na situação atual, credite-se em grande parte as administrações de sua tia, a ex-governadora Roseana Sarney e a própria desatenção do avô, que sempre só soube usar o Maranhão como massa de manobra para suas peripécias politiqueiras.

da Redação

Comentários