A intrigante coincidência: Bastou Moro sair e três expoentes tucanos foram enredados pela PF

Bastou Moro 'Macunaíma' deixar o governo que a PF, tão cara ao ex-tudo, indiciou Aécio, Serra e Alckmin. Três expoentes do PSDB, três vultos que vemos serem sombras no pântano, amigos ocultos do PT, agora expostos. Mas com certeza foi apenas uma coincidência incrível.

Depois quando eu digo que até parece que Dilma entregou Lula para salvar a pele e distrair a opinião pública (e fazer justiça, pois trata-se de um criminoso condenado duas vezes em 2ª instância) e blindar também o PSDB, acham que é “teoria da conspiração”.

FHC, o mentor intelectual da esquerda no Brasil, foi um dos fundadores do Foro de S. Paulo, o segredo mais bem guardado por um bom tempo, faz parte da NOM (nova ordem mundial). Sim, e está riquíssimo. Como esses políticos enriquecem. Que tino comercial!

O Presidente Bolsonaro é o pedregulho no sapato, pois nem rouba, nem deixa roubar. Por isso é tão amado pelo povo e tão odiado pelos membros da nomenklatura, do mercado financeiro da inside information, da classe artística que trocou o talento pela grana da malfadada Lei Rouanet, dos jornalistas que vivem completamente acima de seus salários graças a “palestras”, da classe acadêmica que deixou de ser intelligentsia e virou burritsia, etc., etc., etc.

Só que o povo já sabe de tudo, graças à mídia alternativa que hoje ocupa o lugar que a mídia mainstream perdeu, pois a ”grande mídia” virou instrumento de desinformação ideológico.

Acabaram-se as ilusões dos brasileiros com a esquerda. E as ilusões não estão entres as coisas que podem ser reencontradas, uma vez perdidas.

Lucia Sweet

Jornalista

Comentários