O Gabinete do Ódio: Vamos falar dos psicopatas que criaram a hashtag “Força Covid”

Assim são chamados aqueles que defendem o nosso presidente.

Primeiro nos chamaram de bolsominions. Depois, disseram que somos robôs. Já nos chamaram de gado. Bem, de uma coisa não podem nos chamar, defensores de ladrões.

E o Queiroz?

Olha só, vou dizer só uma coisa, não temos bandido de estimação.

O Queiroz está no esquema da rechadinha?

Bem, deixa eu te falar algo sobre rachadinha antes de mandar o Queiroz para o inferno – se lá for o lugar dele.

O Queiroz movimentou 1.2 milhão? Quero mais que ele veja o sol nascer quadrado. Mas, e o assessor do André Ciciliano?

O gabinete do petista movimentou quase 50 milhões.

No PT esse negócio de rachadinha é tão sério que está no estatuto da facção – quer dizer, partido.

Sim, podemos ser chamados de bolsominions, de gado, ou de rôbos. Não tem problema, pode chamar, sabemos que é despeito – e inveja.

Como diz o MITO:

“Quero ver me chamar de corrupto, pow-h@!”

Quero ver me chamar de coxinha. Aqui, não tem frescura, não tem essa coisa de ficar em cima do muro, aqui a gente tem opção, tem lado, tem opinião.

Tambem não podem nos chamar de mortadela. Quando é para defender o Presidente e seus ministros, a gente vai de graça.

De graça não, na verdade a gente paga para defender o Jair.

A gente paga imposto. Paga salário. A gente atravessa o Brasil para chegar no planalto central, só para poder ficar naquele alambradozinho na saída do Alvorada só para dizer ao presidente que a gente tá com ele.

A gente vai para as redes, a gente vai para as ruas. A gente enfrenta o vírus chinês. Sem medo, com ou sem máscara, a gente abre mão de descansar aos domingos e acampa no Planalto para lutar pelo nosso Presidente, e pela nossa liberdade.

E ai botamos para fora, extravasamos, e, então, quando registramos e expomos tudo aquilo que pensamos, e tudo aquilo que desejamos para o nosso país, dizem que nós somos do mal, reacionários, do ódio.

Mas, me responda, quem deu facada? Quem traiu? Quem enganou? Quem está armando para tirar o presidente da cadeira?

Quem é o gabinete do Ódio? Vamos falar de Adélio e aqueles que estavam por trás de Adélio.

Vamos falar dos psicopatas que criaram a hashtag #força covid, e dos idiotas que torceram pela morte do nosso presidente.

Somos mais de 57 milhões de robôs. Esses milhões também são um exército, um exército que veste verde e amarelo. Um exército que não usa fuzis, nem tanques nem granadas.

Nós vamos às ruas armados com a arma mais poderosa que ainda resiste em nossa frágil democracia... nosso voto. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.

Nilza Machado Faleiro de Souza

Comentários