Mandetta já “alfineta” Moro

O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta exerceu dois mandatos de deputado federal pelo Mato Grosso do Sul.

Porém, com a revelação em seu estado de alguns escândalos ocorridos na época em que era Secretário Municipal de Saúde de Campo Grande, teve sua imagem bastante abalada e resolveu não disputar a reeleição, pois pressentiu a derrota.

Sem mandato, recebeu o convite do presidente Jair Bolsonaro para integrar o seu ministério.

Mandetta foi literalmente retirado do ostracismo.

Mas, é um ingrato, extremamente ambicioso e absolutamente inescrupuloso.

Na primeira oportunidade, de olho em voos maiores, apunhalou o presidente.

E nessa sua caminhada tortuosa, o deslumbrado já sonha com a presidência.

Sem pestanejar, atira para todos os lados, não poupa ninguém e não tem nenhuma coerência.

Após ser elogiado por Sérgio Moro – diga-se, um verdadeiro poço de vaidade – não perdeu tempo em alvejá-lo.

Cogitado para vice numa chapa com o ex-juiz, Mandetta disse que toparia a parceria, mas com Moro como vice.

Ele argumenta dizendo que tem mais experiência política e que Moro foi inábil, politicamente, em sua saída do governo.

É cobra engolindo cobra.

Fonte: O Globo

da Redação

Comentários