Após mandado de Moraes, Twitter derruba perfis de conservadores

A perseguição não tem fim…

Alvos do inquérito da fake news tiveram suas contas no Twitter "retidas" nesta sexta-feira, dia 24, após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Entre os conservadores que tiveram seus perfis suspensos estão o presidente do PTB, Roberto Jefferson, os empresários Luciano Hang, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, além dos jornalistas Bernardo Küster, Allan dos Santos.

Confira:

Em nota, o Twitter disse que "agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)".

Segundo a TV Globo, os advogados dos investigados irão recorrer da decisão.

Até onde irá este inquérito? E qual o limite de Alexandre de Moraes?

Fonte: G1

da Redação

Comentários