Barroso como advogado acreditou em Battisti e, como ministro, acredita em Felipe Neto

Luís Roberto Barroso, ministro do STF, defendeu Cesare Battisti, militante comunista, que era acusado de vários crimes na Itália e estava refugiado no Brasil.

Alguns detalhes chamam atenção: foi o 1º caso criminal de Barroso e ele não cobrou 1 centavo para defender o criminoso.

Barroso atuou na defesa de Battisti junto com Luiz Eduardo Greenhalgh, conhecido advogado militante de causas da esquerda.

Barroso assumiu a causa porque Cesare olhou nos seus olhos e disse:

“Não participei de nenhum desses homicídios”.

E pior, segundo Barroso ele viu beleza no fato de "um velho comunista, que faz parte do lado derrotado da história, e que a Itália, 30 anos depois, veio perseguir no Brasil".

Barroso, acreditou em um criminoso olhando nos seus olhos.

Acontece que, após ser extraditado, Battisti confessou os crimes (4 assassinatos).

Barroso hoje julga casos no STF.

Barroso essa semana participará de uma live com Felipe Netto para discutir a educação infantil no Brasil!

Felipe Neto, aquele que faz vídeos ensinando as crianças a burlar a idade nas restrições do YouTube e que faz revistas para crianças pedindo para ela classificar famosos com “Casa, Mata ou Trepa”!!

Barroso acredita em Felipe Neto!

Flavia Ferronato. Coordenadora Nacional do Movimento Advogados do Brasil.

Comentários