A ‘Live’ de Barroso com Felipe Neto: "A verdade está no álcool"

Este pessoal do Canal Hipócritas faz a diferença. É uma turma culta, bem informada e corretamente informadora. Coloco um vídeo deles sobre Felipe Neto. Vale a pena assisti-lo:

Já tentei assistir a um vídeo deste tal de Felipe Neto, de que o Canal Hipócrita fala. Confesso que não consegui passar dos 05 minutos: é lixo puro, mediocridade galáctica, ignorância cosmológica.

Se mediocridade fedesse, o programa desse cara exalaria uma morrinha pestilenta, a ponto de levar o apreciador de ‘Fleur de Rochas’ ao vômito.

Diante disso, saber que um ministro do STF vai fazer uma ‘Live’ com Felipe Neto é assombroso. Seria como Roberto Campos, cabeça luminar, fazer uma Live com Dilma Rousseff que, desconfio, nem cérebro tem. Ou que Barack Obama, uma das mais brilhantes e honradas personalidades aparecidas no mundo político, iria fazer uma Live com Lula, um analfabeto funcional e o político mais corrupto da História das democracias ocidentais.

Não estou afirmando que o companheiro de Felipe Neto na Live futura, ministro Luís Roberto Barroso, seja uma fulgurante cabeça jurídica; nada disso afirmo. Ele é membro daquilo que já se classificou como a pior Corte de Justiça da História do Brasil e certamente, disparadamente, a pior Corte Suprema de todas as consolidadas democracias ocidentais.

Mas, concedamos, para sermos justos: Luís Roberto Barroso é, no STF, o ‘primus inter pares’. Para quem não é muito chegado ao Latim, vai aqui a tradução: “o primeiro entre os iguais”.

Afinal, Barroso já teve o discernimento de que Gilmar Mendes:

“... é uma pessoa horrível. Uma mistura do mal com atraso e pitadas de psicopatia.”

E foi adiante:

“A vida para V. Exa.[Gilmar] é ofender as pessoas. Não tem nenhuma ideia. Nenhuma. Só ofende as pessoas. Qual é sua ideia? Qual é sua proposta? Nenhuma! É bílis, ódio, mau sentimento, mal secreto, uma coisa horrível. V. Exa. [Gilmar Mendes] nos envergonha, V. Exa. é uma desonra para o tribunal.”

Convenhamos, quem tem (teve) o discernimento e precisão mostrados nessas afirmações transcritas acima, merece um destaque positivo naquela Corte Tabajara de Justiça.

Voltemos a Felipe Neto. Ele, convenhamos, é um bom ator. Parece, como ensina o Novo Testamento, um sepulcro caiado. Em Mateus 23:27 lê-se: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.”

Felipe Neto Rodrigues Vieira é um Youtuber altamente bem sucedido, com um apelo considerável às crianças e adolescentes. Gosta de se apresentar como filantropo e engana, como o fariseu da Bíblia, cerca de 30 milhões de inscritos, a maioria, como já disse, crianças e adolescentes. Seu discurso é engajado, fingindo combater o gasto supérfluo das elites endinheiradas e fazendo-se parecer consternado por esta mesma elite torrar montanhas de dinheiro em gastos desnecessários em vez de distribuir sua riqueza com os necessitados. Nas entrelinhas, Felipe combate a direita, os liberais e o governo Bolsonaro e induz ao afeto às esquerdas de que o país tanto apanhou nas últimas décadas.

Agora surge na internet um vídeo, supostamente de 2016, em que o supostamente filantropo, orientador e líder de 30 milhões de jovens e adolescentes, faz exatamente o contrário do que sempre pregou e prega.

O vídeo flagra Felipe Neto jactando-se de estar pagando 20 mil dólares por um camarote em uma boate de Las Vegas, Estados Unidos.

O suposto filantropo, suposto aconselhador de crianças e adolescentes, ícone das esquerdas brasileiras, que condena os endinheirados por adquirirem um carro em vez de distribuir a riqueza aos pobres, grita, com uma arrogância incontida, mostrando todo o seu caráter de sepulcro caiado que é, e fazendo uso das palavras mais porcas encontráveis na sarjeta moral:

"Eu quero que o mundo se foda. Eu estou em um camarote de U$ 20 mil. Estou bêbado e foda-se. Valeu, chupa meu c*".

Veja o vídeo:

Claro, a esquerdalha toda se assanha a defender o sepulcro caiado, dizendo que ele estava bêbado. Certamente não estava bêbado quando, certamente com antecedência, comprou o camarote de 20 mil dólares.

Pode-se ainda invocar o ditado latino “in vino veritas” - ‘a verdade está no vinho’ – ou seja, a verdade está no álcool. O que este lobo vestido com pele de ovelha mostra, ao embebedar-se e pagar 20 mil dólares por um camarote é, além da sua indigência intelectual, o seu verdadeiro caráter moral e a infinita hipocrisia de seu personagem no Youtube.

Este Felipe Neto é a perfeita encarnação do fariseu do Novo Testamento: por fora veste a pele de um bom rapaz, caráter superior, filantropo; por dentro é como um sepulcro caiado, “cheio de toda imundícia”.

Agora, vir Roberto Barroso - mesmo sendo ministro deste STF - fazer Live com Felipe Neto é uma decepção irremediável.

José J. de Espíndola

Engenheiro Mecânico pela UFRGS. Mestre em Ciências em Engenharia pela PUC-Rio. Doutor (Ph.D.) pelo Institute of Sound and Vibration Research (ISVR) da Universidade de Southampton, Inglaterra. Doutor Honoris Causa da UFPR. Membro Emérito do Comitê de Dinâmica da ABCM. Detentor do Prêmio Engenharia Mecânica Brasileira da ABCM. Detentor da Medalha de Reconhecimento da UFSC por Ação Pioneira na Construção da Pós-graduação. Detentor da Medalha João David Ferreira Lima, concedida pela Câmara Municipal de Florianópolis. Criador da área de Vibrações e Acústica do Programa de Pós-Graduação em engenharia Mecânica. Idealizador e criador do LVA, Laboratório de Vibrações e Acústica da UFSC. Professor Titular da UFSC, Departamento de Engenharia Mecânica, aposentado.

Comentários