PSL quer Moro como candidato a presidente, com o número 17 que elegeu Bolsonaro

O Partido Social Liberal (PSL) convidou Sérgio Moro para disputar a presidência da República em 2022.

Segundo informações, o partido enviou Marcos Cintra, ex-secretário da Receita e demitido por Bolsonaro em setembro, para conversar com Moro sobre a possibilidade.

Moro, por sua vez, teria dito que “não é hora de entrar para a política“, porém ficaram de se falar no futuro.

Vale ressaltar que o PSL ficou conhecido após a chegada de Jair Bolsonaro, e, após a sua eleição, o partido rompeu com o presidente.

Moro e PSL, casamento político ‘perfeito’.

Ambos perderam totalmente popularidade e credibilidade.

Fonte: Época

da Redação

Comentários