assinante_desktop_cabecalho

#EleSim é homem e é pai de verdade

Ler na área do assinante

O primeiro dia dos pais aconteceu nos Estados Unidos em 1910, a mais de cem anos atrás. O homem que inspirou a criação do dia dos pais foi um americano, cristão, veterano da Guerra Civil, viúvo por duas vezes e criou, praticamente sozinho, 14 filhos.

Esse é um tipo de ser humano que se pode chamar de homem, esse é um tipo de homem que se pode chamar de pai.

Em 2020, no Brasil entre mais de 100 milhões de homens, será que nenhum deles serviria para representar a figura do pai e se tem de recorrer a Thammy?

Me desculpe, nada contra a opção de ninguém, mas tem alguma coisa que não se encaixa.

Mas o que se pode esperar de um país onde foi eleita como a “mulher mais sexy” uma pessoa que se chama Paulo/Pablo? E a melhor jogadora de vôlei nasceu homem?

Como cada um tem direito à opinião própria – ainda – a maior parte da população está se manifestando contra a aberração promovida pela Natura.

O campo de batalha tem sido as redes sociais. Twitter, Facebook, entre outras redes onde tem sido o palco, a ribalta e o ringue.

Numa dessas, alguém vem na minha rede social, e, como é normal em um esquerdista, na falta de argumentos lógicos, ataca-se a honra e vida pessoal do oponente, vieram logo falar mal da vida do presidente da República.

O que a vida pessoal do Jair tem a ver com a Thammy? Nada!

O que a Thammy tem a ver com o Jair? Nada!

Além do mais, a vida particular do Presidente não interessa.

Jair Bolsonaro não foi canonizado. Ele foi eleito. Entre as opções que a gente tinha em 2018 ele era melhor, e não perfeito. JFK, JK, Thatcher, Buda ou Cristo não estavam disponíveis na urna eletrônica. Era ele ou o Boulos, o Ciro, a Marina, o Alckmin, o Haddad... Iríamos escolher quem?

Além disso, eu pago o salário dele para administrar essa herança maldita deixada pelo PT, não para ser a Madre Tereza de Calcutá.

Além disso, estes um ano e sete meses de governo têm mostrado que o tal do Jair é cabra macho. #EleSim.

#EleSim está sendo pai de muitos e dando esperança a um país inteiro. Esperança que já tínhamos perdido. Quase esquecíamos que a cor da nossa bandeira, e pior, já havíamos esquecido que nela está escrito 'Ordem e Progresso'.

Pai não é uma mulher que troca de genitália como quem troca de roupa, pai á aquele que cuida. Pai é quem quer ver seus filhos confortáveis, saudáveis e seguros. E isso o Presidente está fazendo. Procurando cuidar do futuro dos seus milhões de filhos.

Socorrendo no meio da pandemia do vírus chinês. Levando água onde não tem. Abrindo estradas, fechando o ralo da corrupção. E lutando pela vida de milhões de brasileiros. Parabéns presidente. Esperamos que essa frase, 'Ordem e Progresso' ainda venha nos trazer muito orgulho.

Nilza Machado Faleiro de Souza

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar