assinante_desktop_cabecalho

Madonna e a inacreditável guerra da cloroquina (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A estrela do pop, Madonna, postou um vídeo no qual a médica nigeriana Stella Immanuel defende com veemência o uso do remédio e, poucos minutos após a publicação, o Instagram censurou o conteúdo, com a mensagem de que se trata de uma fake news.

Stella Immanuel, que trabalha em Houston, no Texas, afirmou que usou a hidroxicloroquina em conjunto com azitromicina e zinco para tratar pacientes com COVID-19. Todos os 350 pacientes que usaram os remédios foram curados.

O que vimos nesse episódio foi uma médica, mulher, negra, na linha de frente do combate ao vírus, ser censurada por políticos cruéis e seus zumbis amestrados. São tão hipócritas que negam a eficácia da hidroxicloroquina, mas usam o remédio escondido quando precisam.

O esquerdista é capaz de lutar 24 horas por dia contra um remédio usado há 70 anos, mas defende doses seguras para o consumo da cocaína e do crack. Até mesmo Madonna, ícone da música, não escapou da censura e mostrou que pode ser imediatamente cancelada, caso diga o que o sistema corrupto, globalista e assassino não quer ouvir.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar