assinante_desktop_cabecalho

Bolsonaro é aclamado em dois extremos do país: O fato e a “narrativa” da “mídia do ódio”

Ler na área do assinante

Presidente Bolsonaro é aclamado do Oiapoque ao Chuí, do nordeste ao sul do país.

É cercado pelo carinho popular, um reconhecimento merecido, embalado ao som dos gritos de “mito”.

Como não resisto a uma curiosidade, uma expedição oficial contestou e provou que o ponto geográfico mais setentrional (norte) do país não fica localizado no município de Oiapoque, no Amapá, mas no Monte Caburaí, em Roraima. Já Chuí é, sim, o ponto mais extremo ao sul.

Tudo isso para comentar o despeito da mídia de esquerda que, revoltada com a popularidade sem mortadela do Presidente, em vez de dizer que Bolsonaro foi aclamado pela multidão, diz que o Presidente “volta a causar aglomeração e a exaltar a cloroquina”.

Seria muito engraçado se jornais fossem programas humorísticos. Mas não são.

Seus jornalistas levam-se a sério e acreditam que formam opinião.

Essa gente de esquerda tem idéias falsas sobre a realidade.

Foto de Lucia Sweet

Lucia Sweet

Jornalista

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar