Bombástica: O “Supremogate” e o “TSEgate” (veja o vídeo)

As denúncias do jornalista Allan dos Santos e do ex-funcionário do Facebook Ryan Hartwig são gravíssimas e se encontram disponíveis em conteúdos de vídeo e texto publicados na internet.

“Surpreendentemente”, a única mídia maintream que divulgou – salvo engano – foi a Rede Record.

ATENÇÃO

Não se trata de mais uma denúncia de corrupção e lavagem de dinheiro, que embora graves e carentes de combate, não se comparam a RISCO de SEGURANÇA da SOBERANIA NACIONAL.

Países comunistas – China e Coreia do Norte - em suas embaixadas em Brasília estão listados como locais de guarda e funcionamento de maletas de escuta telefônica, além da residência do advogado esquerdista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

O que os Órgãos competentes fizeram?

Até o momento, não se conhece qualquer ação do Ministério Público Federal ou de outro órgão competente na apuração das gravíssimas denúncias públicas apresentadas.

O SENADO e a CÂMARA

Os presidentes das Casas Legislativas estão inertes. Ambos lenientes, ineptos e desqualificados para exercer suas obrigações, ignoraram às dezenas de pedidos de impeachment de ministros do STF. Até agora permanecem em silêncio.

Os ministros do supremo não quiseram se manifestar sobre as denúncias. Todos os ministros do STF são desqualificados para o cargo que exercem. Nenhum deles contempla a exigência constitucional de notável saber jurídico.

O presidente do STF disse em live promovida pelo portal poder 360 na terça-feira (28):

“...Nós, enquanto Judiciário, enquanto Suprema Corte, somos editores de um país inteiro, de uma nação inteira, de um povo inteiro.”

O pesadelo continua… até quando?

"Quando os que comandam perdem a vergonha, os que obedecem perdem o respeito.” Georg Lichtenberg

CONFIRA:

Ricardo Gonçalves da Torre

Comentários