assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Justiça Eleitoral de SP bloqueia R$ 11 milhões em bens de Geraldo Alckmin

Ler na área do assinante

A Justiça Eleitoral de São Paulo determinou na última sexta-feira, 31, o bloqueio de até R$ 11.300.000,00, sobre imóveis e valores constantes nas contas bancárias do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Além do ex-governador, foram indiciados o ex-tesoureiro do PSDB Marcos Antônio Monteiro e o advogado Sebastião Eduardo Alves de Castro.

No mês passado, a Justiça Eleitoral aceitou a denúncia do Ministério Público contra o tucano por falsidade ideológica eleitoral (caixa dois), corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com isso, Alckmin virou réu no processo.

O bloqueio é resultado de investigações da Operação Lava Jato, iniciada pela Polícia Federal a partir das delações premiadas de executivos do Grupo Odebrecht.

Fonte: G1

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários