A fila da delação cada dia aumenta mais. Pelo menos cinco negociam com o MP

A Operação Lava Jato definitivamente afunilou e vai a caminho de seu desfecho.


A delação premiada do Senador Delcídio do Amaral está sendo decisiva nesse sentido e escancarou o caminho para outras delações.

Após a delação do ex-líder do governo da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal, prestes a ser homologada pelo ministro Teori Zavascki, outros réus se sentiram estimulados ou, até mesmo, obrigados, a delatar, para salvar a própria pele.

O empresário José Carlos Bumlai está negociando. Nesta segunda-feira (07) diversos órgãos de imprensa publicaram vasto noticiário sobre a questão. O Jornal da Cidade repercutiu o assunto (veja aqui). 

Mônica Moura, esposa do marqueteiro João Santana também quer fazer delação. Segundo a coluna Radar da Revista Veja, o advogado Fabio Toufic já teve uma primeira conversa com o MP (veja aqui). Uma delação de Mônica, faz pressupor caminho idêntico para o marido.

Os empresários Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, estão fechando um acordo entre eles para, em seguida, começarem a negociar a colaboração premiada com a força-tarefa do Ministério Público Federal. O jornal ‘O Globo’ noticia o fato. (Veja aqui).

Pelo visto, da forma como tudo está se encaminhando, não vai sobrar pedra sobre pedra, estamos efetivamente iniciando um processo de reconstrução nacional.

A organização criminosa será desmantelada. As cinco prováveis delações ora encaminhadas - Bumlai, Mônica, João Santana, Mercelo Odebrech e Léo Pinheiro - irão elucidar todas as dúvidas. Todos os corruptos serão punidos.

da Redação

                                                         https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades