assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Médicos podem ter descoberto o mal que acomete Toffoli, que permanece internado e sem previsão de alta

Ler na área do assinante

Um novo boletim médico divulgado nesta terça-feira, 11, informa que a saúde do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, está em “em perfeitas condições” após duas internações por complicações no quadro respiratório.

Segundo os médicos, há uma “alta probabilidade” de que a pneumonite do ministro tenha sido causada por fungos, ácaros ou bactérias presentes no ar condicionado do Supremo.

“Em razão disso, a cardiologista intensivista Ludhmilla Hajjar indicou ao Supremo Tribunal Federal a realização de um estudo do ambiente de trabalho, com a coleta de materiais e avaliação do sistema predial de ar condicionado”, diz o documento.

Ainda segundo o boletim, Toffoli está no quarto e passa bem, mas ainda continua sem previsão de alta.

Leia abaixo a íntegra:

Brasília, 11 de agosto – O Hospital DFStar informa que, após duas internações em razão de quadro respiratório, o estado de saúde do Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Dias Toffoli, encontra-se em perfeitas condições. Foram descartadas infecções virais incluindo COVID-19, sendo feito o diagnóstico de pneumonite por hipersensibilidade causada por algum agente possível do meio ambiente, com as hipóteses de fungos, ácaros ou bactérias.
O diagnóstico médico também indica a alta probabilidade de a reação alérgica ter sido ocasionada em razão das instalações prediais laborais, em especial pelos sistemas de ar condicionado. Em razão disso, a cardiologista intensivista Ludhmilla Hajjar indicou ao Supremo Tribunal Federal a realização de um estudo do ambiente de trabalho, com a coleta de materiais e avaliação do sistema predial de ar condicionado.
O ministro encontra-se no quarto e passa bem, mas ainda sem previsão de alta.

Fonte: O Globo e UOL

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários