assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

A esquerda descobre que a cloroquina cura malária

Ler na área do assinante

E assim, de repente, não mais que de repente, “all of a sudden”, como se diz em inglês, descobriu-se que a cloroquina TAMBÉM cura malária (quem ainda não sabia disso?), e a atriz com sobrenome de fruta aparece com um diagnóstico de uma doença erradicada no RJ/SP.

Esse mundo pós-moderno está bem engraçado.

A esquerda segue na sua idiotia oligofrênica de não saber mais lidar com as narrativas mentirosas que ela mesma inventa.

Pergunta que não quer calar: a cloroquina (ou hidroxicloroquina) também é perigosa no tratamento de malária?

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários