assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Ministério Público investiga até o preço de panetone da loja de Flávio

Ler na área do assinante

O Ministério Público descobriu e acha extremamente relevante a informação de que a loja de chocolates do senador Flávio Bolsonaro, no Natal de 2016, teria vendido panetone a 80 reais, enquanto o valor na tabela da Kopenhagen era de 100 reais.

O fato foi revelado no depoimento dado por um concorrente.

Parece claro ter sido uma estratégia comercial utilizada para atrair clientela naquele período de festa.

Porém, para o atordoado Ministério Público do Rio de Janeiro, o depoimento do tal concorrente reforça a hipótese de que a loja do senador era usada para lavar parte dos recursos desviados pelo esquema de rachadinha na Alerj.

A criatividade supera os limites da plausibilidade.

E a culpa é do panetone...

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários