assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Polícia descobre estúdio de pornografia infantil no Rio

Ler na área do assinante

Através de denúncia de uma mãe, a Polícia Civil descobriu na manhã desta quinta-feira, 13, uma casa utilizada como estúdio para a produção de pornografia infantil no Rio de Janeiro.

Segundo informações, no local, eram produzidos materiais como vídeos e fotos que posteriormente eram vendidos para clientes do mundo todo na “deep web”.

O responsável pelo local é Klaus Berno Fischer, um alemão de 73 anos, que conseguiu fugir deixando para trás documentos como passaporte e a habilitação.

A Polícia Civil divulgou a foto do suspeito para facilitar a localização.

Confira:

As fotos do local mostram itens do universo infantil, como balanços, gangorras e balões, ao lado de objetos eróticos.

Confira:

Os investigadores ainda desconfiam que ‘Alemão’ esteja por trás de um esquema de “turismo sexual”, pois o mesmo é dono de uma agência de viagens.

No total, mais de 30 mil arquivos criptografados forma encontrados. A casa ainda possuía paredes falsas e cofres, além de diversos apetrechos eróticos que seriam usados em crianças.

Os menores levados para o local eram de diversas idades. Segundo o delegado, já foram identificadas vítimas de 5 a 14 anos. Porém, é possível que vítimas mais novas tenham sido abusadas.

De acordo com as investigações, duas pessoas seriam responsáveis por aliciar os menores nas comunidades ao redor da casa. Pagamentos, roupas e presentes eram oferecidos para atrair as vítimas.

Lá, o alemão registraria os menores em fotos e teria relações sexuais.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Klaus Berno Fischer, pode entrar em contato de forma anônima pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no telefone (21) 98849-6099; pela Central de Atendimento, no (21) 2253-1177; através do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Atualização:

O alemão Klaus Berno Fischer, de 73 anos já foi preso, ele estava em um sítio na cidade de Seropédica, que fica na região da Baixada Fluminense.

Segundo a polícia, no momento da abordagem, Fischer tentou fugir e sofreu uma queda, que provocou ferimentos no rosto do homem.

Confira:

Fonte: G1

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários