assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Por um Brasil maior e melhor (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Brasil é tão forte quanto a soma de cada brasileiro que o Ama e vai lutar por ele.

SOMOS TODOS MISSIONÁRIOS

Com base em conhecimento e experiencia de muitos anos de estrada, tenho me empenhado em estudar todas as possibilidades de retomada para o Brasil com base na construção de um mosaico que considera: Aspectos econômicos; políticos; sociais, o que inclui necessariamente, aspectos geopolíticos e o movimento das ondas ao redor do Planeta.

A Pandemia tornou a Economia um fator ainda mais Global, além do que há um embate político, econômico e ideológico global que não podemos ignorar pois incluem cifras Trilionárias que vêm sendo alocadas em todos os países, principalmente em países em processo de desenvolvimento.

Com base em minhas conclusões, tenho produzido artigos que vem sendo publicados aqui no JCO (reunidos no meu Blog aqui no canal) e que se somam a outros de bons autores cuja missão é a de esclarecer dentro do possível, em meio a tanta desinformação.

Ao fazer isso, tenho buscado oferecer ao debate os elementos que muitas vezes tem sido negligenciados pela dispersão do embate político em geral, produzido por grupos que continuam obsecados pelo resultado das urnas 2018 do qual ainda não se recuperaram pois isso mexeu definitivamente com seus bolsos.

Como sabemos, o passado pode ser um lugar bom para visitar, mas é péssimo para morar, só que a oposição raivosa não tem presente e não vê o futuro e assim, só lhe restam “narrativas” e tentativas desesperadas que não os levam a nenhum lugar, como estamos vendo.

Esses artigos tem chegado a muitas pessoas de todas as esferas, de tal forma que podem contribuir para estimular a inteligência de mais pessoas que como eu, amam e acreditam no potencial do Brasil e se sentem parte do grupo que tem a missão de inverter a inflexão da curva que nos levou ao fundo do poço. E temos tudo para sair... uma saída em V como preconiza o Ministro Guedes.

OTIMISMO COM OS PÉS NO CHÃO

Minha visão, em geral otimista, tem sido pautada por fatos e pelas entrelinhas do ambiente que, muitas vezes poucos veem face a dispersão provocada pela mídia e pelo intenso embate político que tomou conta da nossa sociedade. Sobre isso, tenho alertado sobre os perigos que representam a DISPERSÃO a que somos submetidos o tempo todo o que pode determinar uma importante perda de foco e atrasar nossos resultados.

Mas quando me referi, em um dos artigos, ao “Porque Bolsonaro é imbatível”, procurei ir um pouco mais a fundo listando diversos pontos (e foram mais de 30), que determinam o poder que vejo no atual Governo, no Presidente e na sua ótima equipe.

Muitos dos pontos são processos em curso que demandam tempo e dedicação de todos, e me refiro ao próprio governo, mas também à sociedade que em sua maioria, tem em mente os desafios que se apresentam num horizonte cinzento mas que nos dá razões de sobra para acreditar que podemos nos recuperar mais rapidamente que os pessimistas pensam ou desejam.

Muitos desses fatores estão se alinhando, como é o caso do Agronegócio, cujo desempenho excepcional é fruto de decisões e investimentos nos últimos anos e que agora produzem riqueza e batem recordes mesmo em meio à crise sanitária.

Além disso, contam com a melhoria gradativa da infraestrutura de transportes que permite baratear o “custo Brasil” nesse vital e determinante setor, que tem um poder multiplicador extraordinário, tornando-o ainda mais competitivo em nível mundial: uma vantagem competitiva do Brasil.

Outros, como o desafio de desinchar o Estado, são processos que demandam mais tempo, dedicação, inteligência e principalmente... resiliência.

Ou seja, é uma luta de muitos rounds pois depende de uma vontade política que vai ter que ir sendo construída com dedicação, uma dedicação que depende muito de articulação política, que também está sendo feita atualmente, mas é sempre um trabalho lento e desanimador para quem “não é do ramo” da política.

Mas que fique claro: “O Brasil é para os fortes”!

Resolver o Brasil não é uma “corrida de 100 metros rasos” e sim: Uma longa maratona que talvez tenha que ser de revezamentos... ou quem sabe, uma “corrida de obstáculos” e, ainda assim, de revezamentos.

Mas o fato que, com todos os obstáculos, o Governo tem adotado um ritmo impressionante consideradas todas as barreiras e dificuldades.

E por que digo isso? Porque a contribuição de talentos oriundos da iniciativa privada, como é o caso, por exemplo, de Salim Mattar sempre vão esbarrar no imediatismo que é natural de quem tem a “cabeça” da iniciativa privada:

Há que se ter estômago e perseverança... como eu disse, talvez uma corrida de revezamentos em que vários corredores serão necessários: é bom ter bons jogadores no “banco”.

Uma missão permanente, principalmente do Guedes, que também sofre as agruras que representam a coexistência indigesta com a classe política.

UM ALINHAMENTO DE PLANETAS

Muitas vezes na história vivemos a mística de fenômenos astronômicos inusitados e complexos. Me refiro, por exemplo, a determinados alinhamentos de astros que representam fenômenos físicos, mas também místicos e que mexem com o imaginário das pessoas.

Nessas ocasiões, como em outras como eclipses ou cometas que passam próximos da terra ou da lua que faz uma órbita mais próxima da Terra e nos encanta, fazendo pensar em como somos pequenos neste universo.

Fenômenos inusitados como esses, ocorrem por uma conjunção de fatores aleatórios, mas mensuráveis e até previsíveis..., entretanto são raros e até por isso, carregam um certo misticismo.

Com base nisso, vejo alinhamentos simbólicos que podem estar ocorrendo neste instante: me refiro a um alinhamento cósmico político envolvendo os planetas:

Executivo e Legislativo e à reunião que envolveu Bolsonaro, Guedes e outras autoridades do governo e os presidentes da Câmara, Maia e do Senado, Alcolumbre.

E justiça seja feita: temos um parlamento “reformista” a julgar as pautas que já passaram mesmo que outras ainda estejam em “banho Maria”.

Calma: eu sei, em política não dá para “cravar” muita coisa. Mas porque não acreditar na possibilidade, já que como dizem: “política é a arte do possível”, sem querer fazer trocadilho.

Me refiro a que uma força maior possa estar alinhando os homens que decidem boa parte do destino do Brasil e dos Brasileiros. E essa força pode ser um Brasil Maior... é preciso ter fé e acompanhar o andar dessa carruagem.

Agora pensa comigo: se você analisa os diversos fatores que se alinham para abrir um “caminho novo” de prosperidade, por que políticos como os citados não poderiam ser “tocados” por uma energia/sentimento mais nobre e assim escrever seu nome na história?

Sim, eu sei... você ainda não está muito convencido e eu também, mas quem sabe é a hora de apostar no benefício da dúvida e dar um voto de confiança à classe política? O que teríamos a perder?

MAS É POSSÍVEL, ACIMA DE TUDO, PENSAR NO BRASIL?

Se eu fosse o Maia ou o Alcolumbre, avaliaria a hipótese de alinhamento junto a uma causa maior, ou seja, a recuperação do Brasil (que implica em potencial aumento de popularidade) e assim, ter a possibilidade de caminhar livremente e de cabeça erguida pelas ruas no futuro e até disputar cargos eletivos.

Recentemente, ao ver uma entrevista com o Baleia Rossi na CNN e, tendo gostado do discurso dele que propunha exatamente uma pauta positiva, tomei a liberdade de passar uma mensagem a ele incentivando sua postura e passei a encaminhar também a ele, os meus artigos.

Muitos de nossos parlamentares tem história de lutas e amor pelo Brasil.

Talvez seja a hora de dar esse voto de confiança e ao mesmo tempo, fazer um pedido para reflexão e posicionamento junto as pautas positivas e do interesse da nação.

Já citei em vários artigos, e o fiz principalmente em direção aos Parlamentares e aos Representantes da Mídia, argumentando que apostar contra o Brasil não seria uma boa estratégia.

Para os canais de Mídia, por exemplo, essa “sanha” conspiratória para derrubar o presidente tem produzido péssimos resultados para eles.

Com o passar do tempo e com o grau de engajamento que a população veio demonstrando desde a eleição de Bolsonaro, nem mesmo as ações orquestradas para denegrir e desconstruir a imagem dele tem abalado a sua popularidade, já que ele encarna os valores que são defendidos pela esmagadora maioria dos brasileiros.

E sim, de uma população que é feita de “consumidores” e eleitores.

Portanto, “dobrar a aposta” como a grande mídia tem feito, só serve para alavancar o Presidente, mas aparentemente estão cegos e não se dão conta e só se dão mal... e vai piorar.

Se eu fosse um desses canais por exemplo, dava um jeito de mudar o discurso “discretamente” pois esse tipo de postura parece suicídio: melhor seria “meter o rabo entre as pernas” e mudar de rumo do que encarar o “paredão” popular que blinda o Bolsonaro e um Governo que vem trabalhando pelos brasileiros.

E se você é um político: pense nos seus eleitores... ou nos eleitores que você precisará conquistar nas próximas eleições.

Sim, sim ok... você deve estar me perguntando: e o que fazer com os “homens de preto”.

E a resposta é, das duas uma:

Ou eles se apercebem do “alinhamento planetário” e se alinham também...

Ou se submetem a CONSTITUIÇÃO que deveriam defender, uma vez que ela pertence ao povo e que tem o Parlamento como seus representantes.

Talvez, nesse momento místico, as Casas Políticas estejam sutilmente e mesmo sem o saber, passando um ótimo recado: de que o BRASIL definitivamente acordou!

Confira:

JMC Sanchez

Articulista, palestrante, fotografo e empresário.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários