assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Governo prorroga o benefício emergencial para as empresas e preserva 10 milhões de empregos (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Governo Federal prorrogou por mais dois meses o benefício emergencial de “preservação do emprego e da renda”, para acordos de redução proporcional de jornada e salário, e da suspensão temporária do contrato de trabalho.

O programa estava projetado inicialmente para durar quatro meses. Durante este período, o governo federal arca com parte da folha de pagamento dos empresários que optem pelo benefício, fazendo assim a preservação de milhares de empregos.

“O Brasil voltou a gerar empregos, mas alguns setores ainda estão com dificuldades em retomar 100% de suas atividades”, escreveu o presidente Jair Bolsonaro, em suas redes sociais.

E prosseguiu:

“Por isso assinei o Decreto 10.470/2020 prorrogando o Benefício Emergencial por mais 2 meses. Serão cerca de 10 milhões de empregos preservados.”

Em um vídeo gravado ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro reforçou que a medida garantirá 10 milhões de empregos.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários