assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

“O STF está prestando um grande favor ao crime”, afirma o deputado Luiz Lima (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista à TV Jornal da Cidade Online, Luiz Lima criticou duramente as ações do Supremo Tribunal Federal (STF) no estado do Rio de Janeiro. O parlamentar falou também sobre outros temas como o projeto de lei do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que possibilita a castração química voluntária de estupradores como forma de diminuição de pena. Confira alguns destaques:

Brasília: Disneylândia do país

“Eu tenho 42 anos, eu vivo no Rio de Janeiro, e isso me lembra muito a época do Brizola. Quando eu era bem pequeno, Brizola impediu que a polícia militar fizesse incursões militares nas favelas, isso fez com que o crime crescesse muito, comunidades crescessem muito... criaram estados paralelos. O STF está prestando um grande um favor ao crime, porque o crime não para por causa de COVID. Infelizmente, foi uma posição de quem vive na Disneylândia do nosso país, que é Brasília, quem vive aqui no plano piloto não vive a realidade do que a gente enfrenta nas grandes metrópoles”, ressaltou o parlamentar.

Castração química para estupradores

“Quando o preso estiver em progressão de pena, cumprido um terço ou metade da sua pena, abre a possibilidade para o condenado fazer, voluntariamente, a castração química, com uma dose de hormônio que inibe a vontade do ato sexual, e de cometer um crime que, acho que é uma unanimidade, todos os brasileiros condenam severamente. Eu sou favorável sim, mas vejo com dificuldade a aprovação [do projeto]. Grande parte dos parlamentares são reféns dos seus próprios discursos, a polarização política infelizmente vem na frente de pautas pelas quais a sociedade clama”, destacou o parlamentar.

Assista a entrevista:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários