assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

PF faz megaoperação contra quadrilha do “senhor das drogas”: carros de luxo e mais de R$ 300 milhões bloqueados

Ler na área do assinante

Na manhã desta quinta-feira, 27, a Polícia Federal deflagrou uma megaoperação para ‘desmantelar financeiramente’ uma organização criminosa dedicada à lavagem e ocultação de bens e valores do tráfico internacional de drogas.

A ação visa prender os principais líderes de uma quadrilha e sequestrar os bens do grupo que seria ligado a Jarvis Gimenes Pavão, o “senhor das drogas”, apontado pela corporação como um dos cinco maiores traficantes do Brasil.

No total, a PF cumpre 21 mandados de prisão – 16 preventivas e cinco temporárias – e 67 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, Rondônia, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina.

Segundo informações, a Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 302 milhões das contas de 96 investigados, entre pessoas físicas e jurídicas, além da suspensão da atividade comercial de 22 empresas utilizadas pela quadrilha para movimentar os valores ilícitos e o sequestro de 17 veículos de luxo avaliados em mais de R$ 100 mil – alcançando um valor aproximado de R$ 2,3 milhões – e de cerca de 50 imóveis avaliados em mais de R$ 50 milhões.

Além deles, dezenas de outros imóveis e veículos registrados em nome de membros da organização criminosa também são alvos das medidas constritivas.

Atualmente Jarvis Gimenes Pavão, está preso na Penitenciária Federal de Porto Velho (RO), e possui um ‘vasto histórico criminal e condenações pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e posse ilegal de arma de fogo’.

O grupo criminoso do “senhor das drogas” é composto, em grande parte, pelos familiares do traficante, incluindo a esposa, mãe, padrasto, filhos, genros, irmãos e sobrinhos. Todos tiveram prisões decretadas.

O trabalho da PF não para e a Justiça está prevalecendo.

Fonte: G1

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários