assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Justiça mantém bloqueio dos bens de Benedita por improbidade na época em que era secretária de Cabral

Ler na área do assinante

Improbidade administrativa é a acusação contra a deputada petista Benedita da Silva, na época em que foi secretária de Direitos Humanos de Sérgio Cabral.

A medida cautelar foi decretada em 2015, quando Benedita também teve seus sigilos bancário e fiscal quebrados pela Justiça.

O objetivo é recuperar 32 milhões de reais em supostos danos causados aos cofres do Rio.

Na época, a pasta da petista recebeu recursos do Ministério da Justiça e não utilizou corretamente o dinheiro público.

O pedido de desbloqueio dos bens acaba de ser negado e a Justiça quer saber do Ministério Público, se o destino do dinheiro foi rastreado.

Pois bem, essa mulher agora quer ser prefeita.

Que Deus tenha piedade do Rio de Janeiro.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários