assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

“Ciro Gomes tem algum problema mental”, detona deputado perseguido no Ceará (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista à TV Jornal da Cidade Online, o deputado André Fernandes (Republicanos-CE), que teve seu mandato parlamentar suspenso, falou sem medo sobre o cenário atual da política cearense, que durante muitos anos foi dominado pelos Ferreira Gomes, representados hoje nas figuras dos irmãos Ciro e Cid Gomes.

Para o parlamentar, a mudança no discurso de Ciro, que tenta se descolar de Lula e posar como candidato moderado de centro, já de olho nas eleições de 2022, não vai colar:

“Uma coisa que é pública e notória no Ceará: não tem como levar Ciro Gomes a sério, ele tem algum problema mental. Ele fala algo hoje, amanhã ele diz que não falou... se você pegar vários vídeos de Ciro Gomes, em épocas diferentes, você consegue fazer um debate, Ciro Gomes com Ciro Gomes. Esse papo furado não vai colar”, ressaltou Fernandes.

Mesmo suspenso, parlamentar trabalha na rua

André Fernandes teve o mandato suspenso na Assembleia Legislativa por 30 dias, punido por encaminhar para investigação do Ministério Público denúncias que recebeu de possível envolvimento de um deputado com facções criminosas.

Atualmente ele está atendendo o público na rua, do lado de fora da Assembleia. Isso demonstra que os Ferreira Gomes ainda têm certa influência na política local.

“Encaminhei a denúncia em sigilo, mas o Ministério Público quebrou o sigilo e encaminhou para a imprensa, que, por sua vez, criou a narrativa que eu tinha acusado o deputado. O PDT, dos Ferreira Gomes, entrou com uma representação urgente no Conselho de Ética e na Assembleia contra mim, por quebra de decoro parlamentar, dizendo que eu tinha feito uma acusação sem provas.
Passou por unanimidade a suspensão por 30 dias. Mais de 20 deputados federais e 15 deputados estaduais entraram no Conselho Nacional do Ministério Público, contra o Ministério Público do Ceará.
Acharam que eu ia me calar, que eu ia parar de trabalhar, pelo contrário, estou falando mais, estou com mais coragem, trabalhando mais do que nunca trabalhei, todos os dias, em frente à Assembleia Legislativa, recebendo a demanda do povo”, afirmou o deputado.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários