assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Sumido, Lula usa doença da filha de Deltan para atacar e tentar aparecer

Ler na área do assinante

Lula tornou-se uma alma penada vagando no aguardo do socorro do Supremo Tribunal Federal.

Réu em vários processos, condenado na condição de "ladrão", certamente sente saudade do tempo em que estava preso, pois, pelo menos, era "notícia".

Hoje, para aparecer, precisa atacar de forma cruel e insana aqueles que considera os seus algozes.

Foi o que fez com Deltan Dallagnol.

Para o ex-presidiário, Deltan é “fujão”.

“Acho que o Dallagnol se esconder atrás da doença da filha dele para justificar a saída… Se ela tiver doente que Deus a ajude porque tenho por ela o respeito que ele não teve pelo meu neto que morreu com 6 anos. Mas ele não merece um milímetro de respeito. É um fujão.”

Essa “alma penada” nem é mais levada a sério.

Lula não sabe nem o que significa a palavra “respeito”.

Se soubesse, não teria feito comício em pleno velório de Marisa Letícia e não teria colocado sobre a falecida a culpa por suas perversidades.

E agora, não usaria o neto, também falecido, para tripudiar sobre um homem da lei, que considera inimigo porque atuou nos processos que julgaram alguns dos crimes que cometeu.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários