assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

O presidente e as crianças: “É preciso olhar o mundo com os olhos de uma criança”

Ler na área do assinante

Então disse Jesus:

"Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas.” MATEUS 19.13-14.

O presidente Jair Messias Bolsonaro, celebrou o Dia da Independência, no gramado do Palácio da Alvorada, em grande estilo. Além de cumprimentar os populares, pouco antes das 10 horas da manhã desta segunda-feira, Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada no Rolls Royce presidencial acompanhado de um grupo de crianças.

Confesso que fiquei emocionada com a cena.

Em alguns vídeos as vozes das crianças sobressaem lindamente desafinadas. E o presidente, parecia muito à vontade no meio delas.

Procurei na internet uma só linha de destaque para esse feito histórico e não encontrei.

Pelo contrário, encontrei a seguinte frase:

“No desfile, ao lado de crianças, o presidente estava sem máscara.”

Dá para acreditar?

Eu explico caro repórter: O Jair é autêntico, não gosta de usar máscaras, nem física, nem metafórica! E além do mais, a tirar pelas notícias, ele já teve covid por três vezes. Está imune à doença, mas, pelo visto, ainda não às implicâncias da mídia.

Mas, nada é por acaso; se as mídias oposicionistas não podem ver beleza nesse ato, os brasileiros que estão escrevendo a história têm muito a comemorar nesse 07 de setembro, como por exemplo, o renascimento do nosso presidente após dois anos do atentado. Junto com ele, a esperança de um Brasil melhor.

Sua vida está sendo exemplar pela ótica de milhões de pessoas.

Mas, entre as crianças, o presidente é um verdadeiro fenômeno. Desperta em muitas delas o interesse e o amor pela pátria.

Como podemos ver no vídeo essas crianças de periferia, que compensaram esse dia sem desfile oficial, improvisando uma banda com materiais recicláveis.

Veja o vídeo:

As crianças foram as estrelas desse dia 07 de setembro inédito e incomum.

Desfilando no Rolls Royce presidencial, ou na rua do chão de terra, com a banda improvisada, as crianças têm um radar da pureza e da sinceridade.

São dotadas de capacidade de entender além das palavras, interpretar os gestos, capturar as verdadeiras intenções dos adultos.

Está rolando um vídeo do Bolsonaro, quando jovem brincando na rua com os seus filhos. As crianças o imitavam fazendo continência. Lindo de ver.

Apesar de estar no seu terceiro casamento, nunca abandonou os seus 05 filhos. Em qualquer outro cargo que ocupasse seria visto como referência e exemplo de bom pai. Como presidente é recriminado por “sofrer” a influência dos filhos.

De qualquer forma, ao que tudo indica, ele plantou valores e consegue ser respeitado e amado por esses filhos e agora, por milhões de crianças e jovens e seus pais, que veem nele uma possibilidade de resgate dos valores mais essenciais, como uma educação de qualidade, sem ideologia, preservando a inocência das crianças.

Quanto menor a criança mais ela admira os adultos. Nasce intuitiva, mas, a escola que a torna mais intelectiva e menos intuitiva. E assim, muitas perdem a sua inocência. Pois, temos notícias das barbaridades a que estão submetidas as crianças de hoje.

Pior ainda é perceber, que muitos dos adultos da atualidade não parece ter tido infância. Ou ter fixado na fase do egocentrismo, onde o mundo gira em torno do próprio umbigo, produzindo fenômenos como o individualismo, a falta de empatia, a indiferença, a incapacidade de esperar uma gratificação futura, de tolerar frustrações. Sintomas estes encontrados em muitos adultos.

Entretanto, equivocadamente, muita gente pensa que amadurecer é ficar ranzinza e chato. Na verdade, só é maduro alguém capaz de rir dos próprios erros e buscar acertar.

Em um certo sentido, só é maduro quem guarda os ensinamentos da criança espontânea que foi um dia.

Segundo Konrad Lorenz: O homem só é homem de fato quando brinca.

As crianças são o futuro da nossa nação. E nunca se viu uma participação de crianças em eventos políticos como estamos vendo agora. Há muitos registros nas diversas mídias, de crianças declarando o amor ao presidente.

Famílias inteiras que tem pela primeira vez, a oportunidade de escolher o chefe da sua nação e devotar a ele mais do que confiança, a esperança de um país melhor para todos.

“É preciso olhar o mundo com os olhos de uma criança” Henri Matisse.

Desejo senhor presidente, que governe com o olhar voltado para o futuro. E tenha sempre como inspiração as crianças!

Conquistaremos a verdadeira Independência!

“Olhos de Verdade!
No mundo...
Existem apenas dois
Olhares verdadeiros!
O olhar de uma criança
E o olhar do seu
animal de estimação!
Dayse Senemas”

Bernadete Freire Campos

Psicóloga com Experiência de mais de 30 anos na prática de Psicologia Clinica, com especialidades em psicopedagogia, Avaliação Psicológica, Programação Neurolinguística; Hipnose Clínica; Hipnose Hospitalar ; Hipnose Estratégica; Hipnose Educativa ; Hipnose Ericksoniana; Regressão, etc. Destaque para hipnose para vestibulares e concursos.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários