assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

PF bate cedo no escritório de Cristiano Zanin

Ler na área do assinante

Com a delação de Orlando Diniz, a Polícia Federal acaba de desencadear na manhã desta quarta-feira (9) uma nova operação contra os escritórios de advocacia suspeitos de envolvimento no esquema criminoso da Fecomércio.

Entre os alvos está o escritório Teixeira, Martins Advogados, que pertence a Cristiano Zanin Martins e a seu sogro, Roberto Teixeira.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas.

O abobalhado Zanin certamente está se encaminhando de pijamas para o escritório, a fim de atender a PF.

E a extrema-imprensa ainda apregoa que a Lava Jato acabou.

A Lava Jato vive, muito forte, não obstante toda a campanha do contra dessa terrível “Mídia do Ódio”.

A quarta-feira promete fortes emoções.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários