assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Zanin, Roberto Teixeira, filho do presidente do STJ e ex-ministro do STJ já são réus

Ler na área do assinante

O juiz Marcelo Bretas já aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público.

Assim, os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira, e o filho do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, o também advogado Eduardo Martins, já estão sendo processados pela Justiça Criminal, na condição de réus.

Tiago Cedraz, que é filho de Aroldo Cedraz, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), e o ex-ministro do STJ, Cesar Asfor Rocha, também são réus no mesmo caso.

Figuras graduadas e influentes da República, acusadas de terem se locupletado com o dinheiro fácil do Sistema “S” e da Fecomércio do Rio de Janeiro.

O advogado Eduardo Martins, filho do atual presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, teria embolsado pelo menos R$ 42,9 milhões da Fecomércio na gestão de Orlando Diniz. Mas o MPF ainda apura o pagamento de mais R$ 83 milhões envolvendo a triangulação de pagamentos a várias bancas, incluindo o escritório de Cesar Asfor Rocha, ex-presidente do STJ.

Parece algo inacreditável. Que coisa grave...

Que país é esse?

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários