assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

E cai a máscara...

Ler na área do assinante

Nos últimos dias, com calor intenso, as praias do Rio de Janeiro ficaram completamente abarrotadas e a imprensa noticiou isso com um certo catastrofismo. Grande parte das pessoas não estava usando máscaras, talvez porque entra areia, cujo grão é milhares de vezes maior que o vírus, e isso deve incomodar um bocado. Se incomoda quando entra nos fundilhos, imagine na cara!

Disso podemos tirar algumas conclusões.

1. Se depois dessa aglomeração de dezenas de milhares de pessoas não houver um aumento considerável de contaminações pelo corona, então ficará definitivamente provado que o isolamento é balela e foi só mais uma armação política.

2. Não havendo esse aumento, com certeza o governo do Estado vai intensificar o aproveitamento de mortos por outros motivos para inchar os números de "vítimas do coronavírus".

3. Se a porcaria da máscara permite a passagem de areia, ela não serve pra droga nenhuma.

4. A velha hipocrisia é algo dominante no Brasil. Na rua todo mundo de máscara, mas nas praias fica todo mundo aglomerado. Os ônibus estão rodando lotados, mas os fiscais multam aquele tiozinho dono do boteco, que tem 5 pessoas tomando cerveja.

5. As pessoas defendem o "fique em casa", repetem isso que nem papagaios, e acham um absurdo, algo escabroso e inominável as aulas voltarem, Mas pra ir pra praia tudo bem, pra viajar com a família... tranquilo e socializar está sossegado. O corona já se tornou desculpa de vagabundo.

6. Pergunte quantos esquerdistas que criticaram o Bolsonaro e acharam um absurdo ele dizer que era uma gripezinha estavam na praia esses dias? Ah... é gripezinha quando convém, e não é quando se trata de criticar? Como é que é lema?: "Lockdown pra você, praia pra mim";.

7. O que pensa o esquerdista que bota a sua sunguinha e aboleta a bunda num espaço conquistado com dificuldade na areia de Copacabana?

"Se eu pegar o corona é só tomar a condenável cloroquina do "Bozo, e depois dizer que fui curado com água benta".

8. Ás vésperas das eleições municipais o Prefeito não iria se arriscar a fechar as praias e colocar as barreiras nos calçadões, impedindo milhares de pessoas de irem para o banho de mar, pois isso seria uma medida impopular. Ué... De repente o perigo do vírus acabou? E aquele papo de "quero proteger a população"? Ah... Ou o vírus viajou com a família no feriadão, ou é só uma gripezinha, né?

9; Na falta de verbas federais, nada melhor do que aumentar a arrecadação liberando geral. Beleza! Nada contra! Afinal, caiu de vez a máscara dos políticos que fizeram terror em todo mundo, mas que agora convenientemente tiveram uma amnésia a respeito do que pregaram.

10 Depois todos esses que foram citados haverão de dizer que o que vemos na foto não é o mar. É um lago de álcool em gel.

Espero que essa gente tenha se bronzeado usando óleo de peroba.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários