assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

"Antas" baixam o nível de forma leviana e "acusam o golpe"

Ler na área do assinante

O fundador e apresentador do Canal Terça Livre, Ítalo Lorenzon, fez a seguinte publicação em suas redes sociais:

“A famosa planilha da Secom, usada pela Campos Mello para acusar o Terça Livre de receber dinheiro público (35 reais), mostra repasses MUITO maiores a O Antagonista, à Revista Fórum e ao DCM.”

E prosseguiu:

“Com base na NARRATIVA envolvendo essa planilha, Alexandre de Moraes agora diz que “não tem dúvidas” de que cursos e doações são usados para lavagem de dinheiro. Pergunto porque o mesmo não vale aos veículos citados acima.”

Confira:

Ítalo referiu-se a uma das últimas declarações do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, falando sobre as ‘milícias digitais’.

“Eu não tenho nenhuma dúvida de que as milícias digitais estão sendo usadas para uma grande lavagem de dinheiro”, disse Moraes, em entrevista à jornalista Natuza Nery, da GloboNews, em evento no congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

A publicação teve um enorme engajamento nas redes

Porém, um ato inusitado e beirando a insensatez chamou a atenção.

Visivelmente incomodados com a informação de Ítalo, os ‘antas’ foram ao ataque:

“Outro vagabundo bolsonarista retuitado por Eduardo Bolsonaro, o Dudu Bananinha.”

Confira:

Os antas perderam toda a noção do bom senso e profissionalismo.

Eduardo Bolsonaro ainda aproveitou para satirizar a resposta de O Antagonista.

“Kkkkkkkkk. Galvão!”, escreveu.

Confira:

Lamentável a postura deste veículo de comunicação…

Acusaram o golpe!

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários