Ditadura chinesa: O "fique em casa", o PIB chinês e o preço do arroz (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O preço do arroz teve uma elevação de 120% nos últimos meses.

Mas o que aconteceu?

Será que algum país está comprando todos os grãos do mundo, se aproveitando da fragilidade econômica dos outros?

O PIB global está despencando, enquanto a China, o grande dragão vermelho, segue em ascensão.

A quarentena sem fim aqui no Brasil virou uma espécie de Quarentene-se contra Bolsonaro, e são essas pessoas que agora batem panela, reclamando do preço do arroz e do recuo no PIB, sem oferecer uma solução sequer, senão ficar em casa e esperar a vacina, imprimir dinheiro e vender o Brasil para a China.

Os especialistas do fim do mundo esqueceram, de maneira ingênua ou maldosa, que Economia é arroz, é feijão, é leite, é a escola do seu filho, o UBER, o táxi, o camelô, a barraca de fruta na esquina.

Economia somos nós vivendo em sociedade e fazendo girar o ciclo de consumo, oferta e procura, soluções e avanços, inclusive na medicina.

O presidente Bolsonaro já cortou as taxas da cesta básica, e está criando mecanismos imediatos para que a gente consiga sobreviver ao comunavírus chinês que ataca o mundo livre. O melhor em qualquer momento é tentar enxergar a verdade e lutar pelo Brasil, esqueça os histéricos e a máquina de propaganda.

Confira:

da Redação
Ler comentários e comentar