assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Após quase 15 anos, qualidade no ensino médio tem maior salto no 1º ano do Governo Bolsonaro

Ler na área do assinante

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador de qualidade da educação brasileira, mostrou que em 2019 o Ensino Médio teve o maior salto desde 2005.

Os dados do Ideb foram divulgados nesta terça-feira, 15, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O avanço de 0,4 ponto obtido entre 2017 e 2019, de acordo com os dados divulgados pelo Inep, foi o maior em toda a série histórica.

Em 2005, o Ideb foi 3,4, passando para 3,5 em 2007 e para 3,6 em 2009. Entre 2011 e 2015, o Ideb do ensino médio ficou estagnado em 3,7.

Já em 2017, avançou para 3,8 e, no ano passado, para 4,2.

A meta para o ano, no entanto, era 5.

O Ideb é calculado a cada dois anos para o ensino fundamental e para o ensino médio, com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

O ministro da Educação durante a maior parte de 2019, Abraham Weintraub, comentou o fato em suas redes sociais.

Para Weintraub, o segredo é a ‘gestão’.

“TODOS os ESTADOS tiveram melhora!
Quer saber o segredo? A prova feita em outubro de 2019 não foi amostral. Todas as escolas foram avaliadas. Agora, podemos saber qual diretor/equipe de professores faz um bom trabalho ou não. Agora podemos ter um ranking. Isso se chama GESTÃO!”, escreveu o ex-ministro.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários