Campanha insidiosa contra Moro, inclui ameaça e atentado

O contra-ataque petista está em pleno andamento e prevê tudo pelo poder. O inimigo está escolhido: o Juiz Sérgio Moro.


Coube a própria presidente Dilma Rousseff a tarefa de iniciar um processo de tentativa de desqualificação de Moro . Nos últimos dias, em todos os seus discursos, ela ataca com virulência o magistrado.

Em grupos de whatsapp já foi deflagrada uma campanha insidiosa contra a honra do juiz. Um texto anônimo circula com os seguintes dizeres:

 ‘Será? Máscara caiu. O Juiz Sérgio Moro vendeu os grampos para a Rede Globo por 5 milhões, a fim de derrubar o governo Dilma, A Record vai formalizar a denúncia junto ao STF e ao CNJ.

A denúncia foi feita por um policial federal do Paraná revoltado com a farsa montada por Moro (...)’.

Outras campanhas contra a honra do Juiz serão deflagradas nos próximos dias.

Vagner Freitas,

o presidente da CUT, que recentemente disse que o Brasil pegaria em armas para defender Lula, nesta sexta-feira (18), em inflamado discurso na avenida Paulista, em São Paulo, disse que vai acabar com o Juiz Sérgio Moro, ‘nós vamos nos livrar do Moro’, bradou, sob o aplauso de militantes ensandecidos. (O vídeo pode ser visto aqui).

Por outro lado, o respeitado jornalista Ricardo Noblat, do jornal ‘O Globo’, afirma categoricamente em seu blog e no Twitter, que existe um áudio, onde o próprio ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixa clara uma ameaça contra a vida do Juiz Federal Sérgio Moro.


Diante de tudo isso, de todos os fatos, algo parece óbvio: o PT está disposto a qualquer coisa para permanecer no poder.

da Redação 

                                        https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política