assinante_desktop_cabecalho

Questões incômodas que estão circulando nas redes sociais, jamais respondidas pelo decano

Ler na área do assinante

Nos dias que antecedem a sua aposentadoria, o ministro Celso de Mello está sendo fulminado pela sociedade, insatisfeita com declarações que deu a respeito do presidente Jair Bolsonaro e apoiadores do governo.

Assim, nas redes sociais e grupos de WhatsApp, começaram a circular questionamentos dirigidos ao magistrado.

Situações que ocorreram no país envolvendo elementos da esquerda, mas que aparentemente não lhe causaram nenhum tipo de indignação.

Eis o que Celso de Mello precisa responder:

O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando Jacques Wagner disse que o erro do PT foi não fazer uma revolução como em Cuba ?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando José Dirceu disse que se deveria tirar todos os poderes do STF?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando o deputado Wadih Damous falou em fechar o STF?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando Marilena Chaui, na frente de Lula da Silva, disse que odiava a classe média?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando Lula da Silva disse em discurso “somos nós contra eles”?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando, por duas vezes, através de decreto lei, os governos do PT tentaram controlar a mídia?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando o PT publicou em 2014, na sua página, uma lista de jornalistas desafetos colocando-os em risco?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando dois pugilistas pediram asilo político ao Brasil e foram devolvidos à Cuba?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando o líder da CUT ameaçou pegar em armas, dentro do Palácio da Alvorada?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando Mauro Iasi, dirigente do Partido Comunista Brasileiro (PCB), falou que - “para militantes de direita, um bom paredão, onde vamos colocá-lo na frente de uma boa espingarda, com uma boa bala e vamos oferecer, depois, uma boa pá, uma boa cova. Com a direita e o conservadorismo, nenhum diálogo, luta”?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada quando Lula afirmou a Dilma que a Suprema Corte está “totalmente acovardada”?
O Sr. sentiu a democracia ameaçada com a criação do Foro de São Paulo?

De fato, todas as questões acima retratam situações que aconteceram no país, realmente atentatórias ao regime democrático, mas que não causaram nenhum tipo de reação no decano.

Soa estranho a sua postura mais radical e intransigente adotada contra o atual governo.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários