assinante_desktop_cabecalho

Frota se manifesta, ataca promotor público e não explica 'sumiço' das redes sociais

Ler na área do assinante

O deputado federal Alexandre Frota está sendo acusado, pelo Ministério Público de São Paulo, por falsidade ideológica na alteração societária de duas empresas de publicidade e realização de eventos.

Na denúncia apresentada pelo promotor Marcelo Mendroni, que integra o Grupo Especial de Repressão a Delitos Econômicos (Gedec), do MP de São Paulo, Frota "nos dias 17 de julho de 2017 e 22 de março de 2018, inseriu ou fez inserir declaração falsa em documentos apresentados à Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) com o objetivo de prejudicar direito e/ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante".

A acusação é de que Frota teria passado para o nome de um “laranja” duas empresas suas, e que o novo titular “passou a figurar como sócio proprietário apenas formalmente (proforma) destas pessoas-jurídicas”.

Frota divulgou nota, onde se diz “vítima de uma armação covarde”.

“Nunca tive empresa de fachada e isso é facilmente comprovado pelos meus contratos e por notas fiscais. Vou mostrar isso. Não encontraram lavagem de dinheiro, que é o que queriam armar. Não conseguiram encontrar simplesmente por não existir”, afirmou em trecho.

E ainda:

“Para não sair em branco, veio a acusação de falsidade ideológica, sendo que tudo da empresa está legalmente feito, dentro da lei e do certo. Mas sei de onde vem e o que está por trás. Estou tranquilo, não vou me calar ou me abater com isso. O sistema é bruto, é covarde, é insano. Estou muito seguro da verdade e vou mostrar isso .Vamos para a luta, eu não fujo do jogo”.

Porém, após a denúncia, o deputado sumiu das redes sociais e até o momento não deu qualquer explicação do seu inusitado sumiço.

Será mera covardia?

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários