assinante_desktop_cabecalho

Coca-Cola irá transferir sede regional da Argentina para o Brasil

Ler na área do assinante

A Coca-Cola anunciou que está “passando por uma reorganização de sua estrutura para acelerar sua estratégia de crescimento”.

Sem divulgar datas ou prazos, a empresa já escolheu o Rio de Janeiro como local do escritório administrativo regional, que antes ficava em Buenos Aires.

O anúncio se dá em meio a uma enorme crise econômica do país vizinho, que além de enfrentar a pandemia com quarentenas severas, vive o fantasma do 'socialismo', que afugentou outras empresas, após medidas como congelamento de preços e limites de transações de dólares.

“Na América Latina, a reorganização implica a criação de 3 novas zonas que substituirão a estrutura atual [que opera em Buenos Aires] e funcionarão com as equipes globais. A Argentina está integrada na nova estrutura do sul da região, que inclui Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia”, disse a empresa em comunicado publicado o Twitter nesta quarta-feira (30).

A empresa afirmou que não está “abandonando” a Argentina. Disse que não vai haver mudanças na produção, embalagem e distribuição nacionais.

“A Coca-Cola tem um relacionamento próximo com a Argentina, com compras anuais de US$ 500 milhões em produtos de economias regionais”, diz o comunicado.

O fato que parece notório é que o atual governo do país vizinho está afugentando as empresas.

A insegurança é insuportável no mundo empresarial.

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários