Lula trama obstrução nas investigações em novo encontro com sindicalistas

Em discurso realizado nesta quarta-feira (23), num evento organizado por sindicatos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se disse ‘enojado’ com o tratamento que recebe da imprensa e de agentes responsáveis pela Operação Lava Jato e voltou a se proclamar ‘o mais honesto’: ‘Se acharem alguém mais honesto do que eu, desisto da vida pública’, afirmou.


Lula também chamou de "babaquice" a divisão que o país hoje atravessa e afirmou que o "tempo mostrará quem está com a razão."

Porém, o ponto crucial do discurso de Lula, demonstrando claramente que deseja obstruir nas investigações, foi quando conclamou aos sindicalistas para que pressionem os agentes da força-tarefa em relação aos efeitos da operação.

"Já ouvi falar que são R$ 200 milhões em prejuízos. Da mesma forma que vocês falam com a Dilma, vocês têm que procurar a força-tarefa e perguntar se eles têm consciência do que estão fazendo com o país", disse o ex-presidente.

Vale lembrar ainda, que o ex-presidente orientou o ministro da Fazenda a pressionar a Receita por conta das auditorias no Instituto Lula, derrubou o ministro da Justiça por considerar que ele não tinha controle da Polícia Federal e exigiu que o sucessor cumprisse "papel de homem" – ato contínuo, o novo titular ameaçou trocar toda a equipe da PF.

E assim tem sido todas as ações do Lula, de incitação e expressa tentativa de causar clamor contra as investigações, nos movimentos e organizações em que ainda possui inserção.

da Redação

                                                https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política