assinante_desktop_cabecalho

Bolsonaro sobre Che Guevara: "Facínora comunista, cujo legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda”

Ler na área do assinante

Hoje, 09 de outubro, completa 53 anos da morte do ícone esquerdista Ernesto Che Guevara…

Guerrilheiro comunista de Cuba, Che Guevara é conhecido por atrocidades que cometeu em nome do comunismo.

Tais como assassinatos, roubos, saques e inúmeros outros crimes…

Também ajudou guerrilheiros de esquerda como Raúl e Fidel Castro na Revolução Cubana, que levou o país ao comunismo.

Pois bem, o presidente Jair Bolsonaro resolveu comentar em suas redes sociais sobre o aniversário de morte de Che Guevara.

“9 de outubro – Morria na Bolívia o facínora comunista Che Guevara, cujo legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda”, escreveu.

E prosseguiu:

“Com seu fim, o comunismo perdia força na América Latina, mas voltaria via Foro de SP, o qual seguimos combatendo.”

O presidente também compartilhou uma notícia sobre a morte do major Eduard Ernest Thilo Otto Maximilian von Westernhagen, morto em 1968, no Brasil, enquanto frequentava a escola em um regime de intercâmbio, pelo grupo armado de esquerda Colina (Comando de Libertação Nacional), que planejava uma vingança contra a morte de Che.

Confira:

Che Guevara morreu na Bolívia após ser capturado.

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar