assinante_desktop_cabecalho

Jefferson desmascara revista IstoÉ, acusa de “fake news” e dá dura resposta

Ler na área do assinante

A desinformação tem tomado conta das redações dos grandes veículos de comunicação do país.

Nesse sentido, a Revista IstoÉ tem se notabilizado.

A capa da edição desta semana é um acinte. Uma vergonha.

IstoÉ em sua campanha insidiosa contra o governo Bolsonaro, atribui a Roberto Jefferson um poder que ele não tem.

O próprio título é ofensivo e ridiculamente sem propósito.

“Os donos do governo”.

A revista na realidade está ressentida com os velhos tempos em que abocanhava milhões com publicidade oficial.

A mamata acabou.

Eis abaixo a resposta desmoralizante de Jefferson:

“A Revista IstoÉ me colocou na capa, me atribuindo um poder que eu não tenho no governo Bolsonaro. Mas afinal, onde que circula esse panfleto? Há muito tempo já não vejo em bancas. Da última vez que vi era uma revista com 1 cm de espessura. Menor que a antiga revista Carícia.
A matéria da IstoÉ é pura fake news. Mas esperar o que dessa Editora Três que vive de lobby jornalístico de resultado?
Atualmente a "revista" é pautada pelos interesses tucanos. Eu penso que me colocaram na capa pra ver se conseguem vender mais do que a parca tiragem atual.
A matéria na IstoÉ é assinada por um senhor chamado Marcos Strecker. Nunca ouvi falar, mas já vi que é um produtor de fake news, pois disse que a recriação do Ministério do Trabalho seria um "objeto de desejo" meu. Isso é fake news. Não pedi e não quero cargo no governo Bolsonaro.”

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar