assinante_desktop_cabecalho

Sórdida, a “Mídia do Ódio” tenta atribuir a Bolsonaro a responsabilidade por atos de um ministro do STF

Ler na área do assinante

A “Mídia do Ódio” é completamente injusta, insana e irresponsável.

O ódio cego ao presidente Jair Bolsonaro faz essa turma perder totalmente a sensatez.

Uma das manchetes estampadas nesta terça-feira (13) diz o seguinte:

“Até acusados de homicídio foram soltos por Marco Aurélio com a lei sancionada por Bolsonaro”.

Tentam por via torta e de maneira sórdida influenciar a opinião pública contra o presidente da República.

Felizmente o povo brasileiro não se deixa mais manipular por essa galera do mal.

Bolsonaro não pode ser responsabilizado por atos do ministro Marco Aurélio de Mello.

Isso é jogo rasteiro e totalmente inescrupuloso.

Aliás, é bom que se diga, faz todo sentido que prisões preventivas sejam analisadas a cada 90 dias. A lei foi criada pelo Congresso Nacional, em tese para evitar que inocentes permaneçam presos injustamente.

Bolsonaro não tem nenhuma culpa se togados utilizam a lei para proteger bandidos.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar