assinante_desktop_cabecalho

Em gesto raro de emoção, Kim Jong-un chora e admite que fracassou com a Coréia do Norte (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

No último sábado (10), em um desfile militar que ocorreu na capital Pyongyang para marcar o 75º aniversário do Partido dos Trabalhadores na Coréia do Norte, Kim Jong-um chorou ao pedir desculpas por seu desempenho à frente do país.

O país tem sido afetado por sanções internacionais, desastres naturais e, mais recentemente, pela pandemia do coronavírus, e a demonstração de emoção parece um sinal de que o líder supremo do país está sentindo a crescente pressão sobre o seu regime.

"Nosso povo depositou confiança em mim, tão alta quanto o céu e tão profunda quanto o mar, mas não consegui sempre viver de acordo com isso de forma satisfatória. Eu realmente sinto muito por isso. Meus esforços e sinceridade não foram suficientes para livrar nosso povo das dificuldades em suas vidas", disse Kim.

Confira:

Fonte: Estadão

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar