Bolsonaro acaba com fofocas e garante: “Não compraremos a vacina da China”

Ler na área do assinante

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em suas redes sociais, que o Brasil não irá comprar "a vacina da China".

A afirmação foi feita em resposta a uma seguidora que pediu a exoneração do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

"Bom dia presidente. Exonera Pazuello urgente, ele está sendo cabo eleitoral do Doria. Ministro traíra", escreveu a seguidora.

Bolsonaro rapidamente respondeu:

"Tudo será esclarecido ainda hoje. Não compraremos a vacina da China."

Confira:

Vamos aguardar os esclarecimentos.

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar