assinante_desktop_cabecalho

O PT, o João Doria e a intrigante sintonia: Onda da obrigatoriedade e contra o direito de escolha

Ler na área do assinante

O PT e o governador João Doria estão agindo em absoluta sintonia. Mais uma vez fazem a politização da doença, para tentar impor revezes ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Nesse sentido, o Partido dos Trabalhadores entrou na onda dos que querem impor a vacina obrigatória contra a Covid-19.

Apesar das declarações do presidente Jair Bolsonaro, e agora com o posicionamento da OMS, garantindo o direito do cidadão escolher pela vacinação ou recusá-la, alguns políticos insistem em querer dar um jeito de obrigar a população a tomar a tal vacina.

Observe-se que essa discussão tem início sem que haja ainda a comprovação da eficácia da vacina, sem o registro da ANVISA, e até mesmo contra a lei, que especifica o Ministério da Saúde como responsável por determinar quais vacinas são obrigatórias no nosso país.

Parece que nada disso é empecilho para a campanha que está sendo criada para que o poder de decisão seja tirado de quem lhe é de direito.

Para tanto, dois deputados do Partido dos Trabalhadores acabam de apresentar um Projeto de Lei (PL) na Câmara dos Deputados.

A proposta da dupla de petistas - Enio Verri e Gleisi Hoffmann - sinaliza que a vacina tenha sua aplicação “obrigatória”. Além disso, o texto defende que o imunizante precisa fazer “parte do calendário de vacinações do Programa Nacional de Imunizações”.

Uma sintonia muito conveniente com o que propõe o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que insiste que a vacinação será obrigatória para toda a população do estado de São Paulo, mesmo que isso já tenha sido desmentido pelo presidente da República.

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar