assinante_desktop_cabecalho

Trump falou para os indecisos. Biden falou pra imprensa...

Ler na área do assinante

Trump levou a melhor e vai levar os swing states.

Os microfones desligados na hora do outro falar foi a melhor coisa que aconteceu pro Trump. Pra ganhar debate de esquerdista, basta deixá-lo falar.

1. Trump arrancou a confissão do Biden de que ele vai acabar com a indústria do petróleo. Biden tentou responder... ficou gaguejando e dizendo que "não é bem assim".

No dia seguinte, Trump inundou as redes com vídeos antigos do Biden afirmando a mesma coisa.

Biden foi pego na contumaz mentira.

Quando eles dizem que Trump é mentiroso, não passa de um manjado "acuse-os do que és". Longe de mim dizer que Trump não mente. Qualquer ser humano mente. Contudo, na esquerda, mentir é uma filosofia de vida.

BTW, estados como a Pensilvânia certamente não ficaram nada felizes com esta agenda do Biden. Lembrando que Trump Vs. Hillary ficou 48/48 naquele estado, que é um "swing state".

2. Com relação à pandemia, o Biden veio com aquele papo de "Trump genocida e culpado por todas as mortes". O eleitorado dele compra a ideia. Deniros e Rogers Waters já sabem em quem vão votar. Mas Trump mostrou que NY foi o Estado que mais morreu gente. Andrew Cuomo (governador) é democrata, eleito com ampla vantagem.

"Ah, mas Trump deu mau exemplo" caramba! Hillary teve 59% em NY! É o terceiro estado mais democrata dos EUA. Vai dizer que esses playboys seguem o exemplo de Trump? Hipocrisia pura. Ainda, Trump apontou pra China, que é o óbvio causador da pandemia.

3. Biden quer intensificar o obamacare, Trump quer o livre mercado. Lembro que no início do governo Obama, nem ele queria que chamasse essa merda de obamacare. Daí o nome pegou bem em momento de alta popularidade e ele até achou interessante... mas no final já estava querendo descolar o nome novamente.

4. Na agenda de Biden consta "Voltar às conversações e negociações com Irã e China." Ah, vá tomar no cool. Enquanto isso Trump está enfileirando nações que estão reconhecebdo Israel como Nação. O americano médio ama isso.

5. Na imigração, Biden defendeu fronteiras abertas e blá blá blá. Globalismo óbvio. E disse isso na mesma semana que o prof. Manoel foi decapitado em Paris. Pois bem, como resposta, Trump mandou um "quem fez as jaulas? OBAMA", referindo-se àquele escândalo de crianças que tentaram entrar nos EUA em 2014 e foram literalmente presas em jaulas, enquanto esperavam sua deportação. E lembrou aos expectadores que Biden ficou 8 anos como VP e nada fez em relação ao assunto. E ainda ficou meia década no congresso! (ou 180 anos no senado, como o próprio Biden já declarou).

6. Trump conseguiu colar a imagem de velha política em Biden e, no final, ainda bradou um "eu entrei na política pra combater pessoas como Biden". Golasso.

7. Como era de se esperar, Trump soube explorar os indícios de corrupção do adversário, nada obstante não ter existido uma pergunta sequer da mediadora sobre isso. 100% das perguntas eram de agenda progressista - claro, isso não é novidade.

Como já sabemos, o computador do filho de Biden - que foi deixado pelo mesmo numa assistência técnica em Dellaware e nunca foi por ele resgatado - teve dados expostos e emails vazados, mostrando movimentações escusas com países corruptos como Ucrânia e China, usando o nome e o cargo do papai. O técnico que encontrou essas privas mandou os HDs para o FBI - que nada fez! (O FBI está absolutamente envolvido no Obamagate). Neste ínterim ainda apareceu um ex-sócio de Hunter Biden dizendo que o próprio Joe Biden também participava desses esquemas. Claro, pro Deniro isso é "Fake News". Pro povo indeciso dos EUA, a opinião do Deniro não importa.

8. No final do debate passado, Guga Chácara e toda a Globonews saíram saltitantes, dizendo que Trump mentia muito, que Biden era muito mais humano e ganhou o debate com larga vantagem. Neste debate eles disseram que foi "empate". kkkkkk pense, então, na taca que o Trump deu! E não foram só os Chácaras. Vários veículos esquerdistas acusaram "empate" no debate.

Acho que na reta final o Trump está um pouquinho mais confortável. Depois do conluio de todo o mainstream, campanhas absurdas de difamação como jamais existiram, instituições atuando contra, até a NBA fazendo campanha, a F1 e o escambau, essa eleição acabou ficando mais difícil para o Trump. Na outra, Trump era motivo de gozação. Não o levavam a sério. Nesta, apontaram todos os canhões do mundo contra o cara.

Mesmo assim eu acho que ele vencerá, e torço para isso.

Aquela esquerda Kennedyana moderada que até gostava um pouco de seu país acabou faz tempo. Os Democratas estão cada vez mais radicais e cada vez mais detestam os EUA, vide BLM, Antifas, Kamala Harris, New Green Deal etc. O viés socialista/comunista por lá está em seu auge, e só não vê quem está na bolha.

Se Biden ganhar, a minha vida não muda nada. Que se f***. Mas eu estou muito certo, baseado em minhas experiências de vida - incluindo morar 4 anos numa ditadura comunista (a China) - de que o Trump é melhor para o mundo.

Trump representa a defesa do estilo de vida judaico-cristão ocidental.

Biden quer a destruição destes valores, quer o globalismo.

Não existe globalismo sem autoritarismo.

"Ah, mas você vê comunismo em tudo! Comunismo não existe mais não, já acabou" rsrs. Meio que eu morei lá.

Eduardo Vieira. Professor de Robótica, Matemática, Física e Ciências. Programador web, iOS e Android.

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar